"'Cosmic Love' was a joke title, but it stuck. We were working really hard on a song and just trying to make this shit piano part work, and all of a sudden I hit on one note, and I’d got it". (Florence Welch)

Tags

Ben(jamim Ivan) Jelen

♪I'd trade wisdom back in for innocence. To get away from all my lies♫

-Escocês (criado nos EUA);
-Pop, Pop Rock;
-Albuns [estúdio]: Give It All Away (2004), Ex-Sensitive (2007)
"Jelen apareceu de verdade no meu player depois de ter esbarrado nele em trilhas sonoras que eu costumava ficar de olho (Smallville e One Three Hill). Ele sempre teve um som bem pop desses que tocam na rádio e depois de alguns minutos no repeteco te dá nos nervos, mas o lado bom sempre foi, Ben Jelen nunca foi realmente famoso, quer dizer, ele quase chegou lá, mas foi por bem pouco. Então volta e meia eu dou um play e sou feliz. O último álbum parece diferente do debut, mas continuo achando que ele não mudou demais. Há sempre um piano ou violino".

#Relacionado: Under the Elephant, Soundtracks, Smallville.






Death Cab for Cutie (DCFC)

Sorrow drips into your heart through a pinhole, just like a faucet that leaks and there is comfort in the sound ♪

-Ben Gibbard, Chris Walla, Nick Harmer, Jason McGerr;
-Americana (estadunidense);
-Alt. Rock, Indie Rock;
-Álbuns [estúdio]: Something About Airplanes (1998), We Have the Facts and We're Voting Yes (2000), The Photo Album (2001), Transatlanticism (2003), Plans (2005), Narrow Stairs (2008), Codes and Keys (2011);
-http://www.deathcabforcutie.com/
"Não me recordo bem como conheci DCFC, mas sei que foi compatibilidade total de gênios. É uma das poucas bandas que passo um bom tempo sem ouvir e de repente me dá um estalo e lá estou, ouvindo toda a discografia por horas seguidas, com direito a escova de cabelo para cantar as letras. Gibbard tem uma voz extremamente agradável e as músicas são riquissimas de detalhes e únicas, o que é até engraçado, pois cada álbum sempre soa como uma coisa inteira, mas quando ouvimos música por música elas soam tão diferentes... E devem ser, pois a partir de cada introdução sei dizer sem erro nenhum que música está tocando. Guardo no S2 o album Plans - não consigo ouvi-lo sem chorar".







Goo Goo Dolls

♫You're the closest to heaven that I'll ever be. And I don't want to go home right now

-John Rzeznik, Robby Takac, Mike Malinin;
-Americana (estadunidense);
-Pop Rock, Heartland Rock;

-Álbuns [estúdio]: Goo Goo Dolls (1987), Jed (1989), Hold Me Up (1990), Superstar Car Wash (1993), A Boy Named Goo (1995), Dizzy Up the Girl (1998), Gutterflower (2002), Let Love In (2006), Something for the Rest of Us (2010);
-http://www.googoodolls.com/
"Sabe aquela banda que você escuta, só por escutar? Bem, assim é Goo Goo Dolls para mim. Eu normalmente não perco muito tempo olhando o preço dos cds ou fazendo download. A maior parte das músicas que tenho são de Soundtracks que eles participaram ou que alguém tenha me repassado. Como toda leiga que se preze eu só os conheci em hum... 98 certo? Seja qual for é o ano do filme Cidade dos Anjos. E por mais que eles tenham um som bem polido, na dose certa para as massas (hei, nada contra) não me encanta o suficiente pra ter mais que seis arquivos no meu HD (tanto o do PC - codinome Clark 2.0 - quanto o meu - codinome cérebro), mas ainda me faz vacilar quando chega perto daquele som gostoso estilo Tom Petty".

#Relacionado: Soundtracks, Cidade dos Anjos, Grammy.






Lifehouse

♪A past so deep, that even you could not burry if  you tried♫

 -Jason Wade, Rick Woolstenhulme, Bryce Soderberg, Ben Carey;
-Americana (estadunidense)
-Alt. Rock, Pop Rock, *Hard Rock (Post-Grunge);
-Álbuns: No Name Face (2000), Stanley Climbfall (2002), Lifehouse (2005), Who We Are (2007), Smore & Mirrors (2010), Almería (2012);
-http://www.lifehousemusic.com/
"Tenho certeza absoluta que foi por causa de Matchbox 20 que fui ouvir Lifehouse e até hoje não me arrependi. É o tipo de banda perfeita para se gostar e apresentar aos amigos. É pop, mas rock na medida certa, cria vibes de hit, é alternativa no Brasil o suficiente para nem todos já terem ouvido falar dela, e o mais importante: é bom. Tipo; BOM. Eu sei que colocar 'hard-rock' ferra tudo, mas não é tipo anos 80, é bem mais light, só que com as canções de dores de cotovelo, claro. Tem algumas canções que ninguém merece e outras que são uma delícia de ouvir - como toda banda. Aparecem volta e meia em soundtracks e sempre me pego cantando quando tenho dias de revival de Smallville".

 #Relacionado: Keane, Soundtracks, Post-Grunge, Smallville







Maroon 5

♫Built a wall around my heart. Never let it fall apart♫

-Adam Levine, James Valentine, Jesse Carmichael, Mickey Madden, Matt Flynn;
-Americana (estadunidense);
-Pop Rock, R&B, Funk;

-Álbuns [estúdio]: Songs About Jane (2002), It Won't Be Soon Before Long (2007), Hands All Over (2010), Overexposed (2012);
"Maroon 5 era só mais uma banda desconhecida para mim quando ganhei aquele mini cd da Coca-Cola. Não lembro quantas tampinhas juntei ou qual era a faixa do disco (ah vai, tu nunca fizestes isso não?! Nem para os bichinhos da Parmalat??? Credo, pessoa sem infância...). Era legal e o mais importante, não tinham estourado por aqui ainda, ou seja, não se ouvia 'This Love' a cada dez minutos. O tempo entre o primeiro e o segundo cd, me parece, é a causa da sonoridade ter tomado um rumo meio torto. Prefiro 'If I Never See Your Face Again' sem Rihanna e pelamorrrr, não aguento 'Moves Like Jagger'. Pra mim Maroon bom, é Maroon dos primeiros anos, com Levine sem tattoos ou nú artistico com namorada".

#Relacionado: Lady Antebellum, Rihanna, Christina Aguilera, Mick Jagger.





Oasis

Don't be scared, you'll never change what's been and gone♪

-Britânica (Inglesa);
-Rock;
-Álbuns [estúdio]: Definitely Maybe (1994), (What's the Story) Morning Glory? (1995), Be Here Now (1997), Standing on the Shoulder of Giants (2000), Heathen Chemistry (2002), Don't Believe the Truth (2005), Dig Out Your Soul (2008);
-http://www.oasisinet.com/
"Minha resposta é: todo mundo ouve Oasis pelo menos uma vez na vida - nem que seja só por Wonderwall ou alguma outra coisa. Não existe por aí alguma verdade universal que declara inútil todo pseudo-tocador-de-violão que não sabe tocar Wonderwall (e Hotel California)? Confesso que não morro de amores pela banda, mas gosto de algumas músicas. É bem verdade que mesmo quando a banda conseguia ser muita boa tudo acabava sendo diluido pela picuínha entre os irmãos Gallagher, o que, de alguma forma, acabou sendo um dos motivos pelo qual não suporto nem ver fotos dos dois. Vai entender".

#Relacionado: Birdy Eye, britpop, anos 90






Pete (Joseph) Yorn

♪Convince yourself that everything is alright. Cause it already is♪

-Americano (estadunidense);
-Rock, Indie Rock, Pop Rock, *Folk;
-Álbuns [estúdio]: musicforthemorningafter (2001), Day I Forgot (2003), Nightcrawler (2006), Back and Fourth (2009), Break Up [com Scarlett Johansson] (2009), Pete Yorn (2010);
"Conheci Pete Yorn através do Soundtrack de Smallville em idos de 2000-e-qualquer-coisa. Meu álbum favorito é o primeiro (musicforthemorningafter) e não tenho interesse algum pelos dois últimos. Não curti muito a parceria com a Johansson e até hoje só encontrei uma pessoa que não fez cara de '?' quando soltei o nome dele no meio de alguma conversa. Ele não é necessariamente Folk, somente algumas músicas têm um pouco dessa vibe. A parte chata é que Yorn parece estar se perdendo nesse mar de cantores solo".

#Relacionado: Scarlett Johansson, Soundtracks, Smallville.







The Calling

♫If I give up on you, I give up on me♫

-Alex Band, Aaron Kamin;
-Americana (estadunidense)
-Pop, Pop Rock;

-Álbuns [estúdio]: Camino Palmero (2001), Two (2004);
-http://www.lastfm.com.br/music/The+Calling*

"Não tenho explicação. É pop. Aquele som, aquela banda, aquele ano, no qual você desiste de ser muito nerd e escuta tudo o que todo mundo escuta. Bem, a melhor explcação para ter ouvido The Calling, basicamente é porque eu gostava. Quer dizer, eu gosto. Acho fofo. Não ofende os meus ouvindos e eu não esperava nada muito mais elaborado do que canções açucaradas de amor. Talvez eu tenha assistido Disk Mtv demais na minha vida, talvez tenha sido por causa do slogan da minha antiga escola de idiomas, ou porque minha prima os ouvia 24 horas por dia. Vai saber".

*a banda não tem site oficial, possivelmente pelo hiato - Alex Band (vocalista), no entanto, tem o seu já que está em carreira solo.






The Killers

♪I pack my case, I check my face; I look a little bit older, I look a little bit colder

-Brandon Flowers, Dave Keuning, Mark Stoermer, Ronnie Vannucci;
-Americana (estadunidense);
-Alt. Rock;
-Álbuns [estúdio]: Hot Fuss (2004), Sam's Town (2006), Day & Age (2008), Battle Born (2012);
-http://www.thekillersmusic.com/home
"Essa é uma dessas banda que marca um tempo na minha vida. The Killers me diz muito sobre ser jovem, num sentido sonoro, mas não lírico. O que é até bem engraçado, pois lembro-me bem de ter arregalado os olhos quando eles mudaram toda a sonoridade do primeiro para o segundo CD. Por sinal, adorei a mudança (ainda achando-a forçada), mas depois disso, não sei muito bem como explicar, parece-me que a banda já não tinha mais algo como uma identidade própria. Quer dizer, todo mundo sabe que The Killers é uma cópia carbono de Strokes.






 The Plain White T's

If every simple song I wrote to you, would take your breath away, I'd write it all, even more in love with me you'd fall, we'd have it all

-Tom Higgenson, Dave Tirio, Mike Retondo, De'Mar Hamilton, Tim Lopez;
-Americana (estadunidense);
-Pop Punk, Pop Rock;
-Álbuns [estúdio]: Come On Over (2000), Stop (2002), All That We Needed (2005), Every Second Counts (2007), Big Bad World (2008), Wonders of the Younger (2010);
-http://plainwhitets.com/
"Sempre passamos por fases na vida. Uma dela está marcada com canções do Plain White T's, mas para ser sincera, não é uma banda que eu tenha voltado a escutar com a mesma paixão daquela época. Aliás, acho que nunca mais a escutei. Mas durante aquela época, me fazia rir basicamente, mesmo que a canção que mais me recordo até hoje seja uma das mais melosas. Sabe como é, violões acústicos me vencem em qualquer lugar, não importa o esforço que eu faça para não ouvir, o que obviamente, eu não faço".

#Relacionado: Mtv





The Police

♫Where does the answer lie?♫

-Sting, Andy Summers, Stewart Copeland;
-Britânica (Inglesa);
-Reggae, New Wave, Pop Rock;
-Álbuns [estúdio]: Outlands d'Amour (1978), Reggatta de Blanc (1979), Zenyatta Mondatta (1980), Ghosts in the Machine (1981), Synchronity (1983)
"Você tá pirando se acha que eu preciso escrever o porquê dessa banda figurar por aqui né?! Quer dizer, quem em sã consciência nunca, NUNCA ouviu falar de The Police? Vocês por acaso acham que aquelas camisas da CK 'every breath you take' existem graças a quem? Um dos maiores e melhores sons dos anos 80 com sua batida reggae e claro, Sting cantando. E sim, minnha cultuação a banda ultrapassa as fronteiras e escorre pela carreira solo do cara, com direito as esquisitices todas - hum, talvez não a parte dele ir morar com os índios. Essa aí eu ainda não entendi muito bem não".

#Relacionado: anos 80, Sting